Dia dos Namorados especial no HCP - HCP - Hospital de Câncer de Pernambuco

Dia dos Namorados especial no HCP

Gostou? Compartilhe com seus amigos.

maria-marta.JPG

“Sempre estivemos juntos, na saúde e na doença e, se Deus quiser, vamos continuar unidos por muitos e muitos anos, pois hoje tivemos a boa notícia de que ela terminou o tratamento de quimioterapia”. Foi assim que Gilson da Silva, 50, aproveitou a ação do Dia dos Namorados do Hospital de Câncer de Pernambuco (HCP) para se declarar à esposa, Maria Marta (45). Estimulados pelas integrantes do voluntariado, os casais (pacientes e acompanhantes) declararam seu amor um pelo outro na manhã desta quinta-feira(9), numa ação que se chamou Cuide Bem do seu Amor, realizada no terceiro ano consecutivo pela Rede Feminina Estadual de Combate ao Câncer de Pernambuco . Maria Marta, paciente de câncer de mama, respondeu a declaração do marido dizendo “Eu agradeço a Deus todos os dias por ele ter colocado esse homem na minha vida; eu o amo bastante”.

 

 

 

Esta ação procura estreitar os laços entre os casais que, juntos, enfrentam o câncer. Maria da Paz Azevedo, coordenadora da Rede Feminina, explica que a realização uma ação como esta visa celebrar o amor para, dessa forma, trazer esperança para as famílias. “Infelizmente, é muito comum que os pacientes oncológicos sejam abandonados pelos parceiros e familiares”, explica Da Paz. “Procuramos conscientizar as pessoas de que a presença do parceiro ou da parceira é extremamente importante para a recuperação do paciente”. Entoando canções românticas, a maioria em ritmos juninos, as voluntárias despertaram sorrisos por todo o Hospital.

“É sempre bom escutar uma declaração como essa. Digo que a amo todos os dias” afirma José Cícero, 55. Ele é paciente no Ambulatório de Cabeça e Pescoço há um ano e desde o início do tratamento contou com o apoio e a companhia da esposa, Maria Elenilda, 55. “Esta é a segunda vez que nos declaramos aqui no Hospital, sempre achei essa ação muito emocionante”, diz ela, que é seguida pelo marido: “Quem sabe o que é o amor, entende o quanto é importante saber que não se está sozinho”.erenilda.JPG