Campanha Abril Amarelo do HCP alerta para um tipo de câncer com alta mortalidade entre crianças, adolescentes e idosos - HCP - Hospital de Câncer de Pernambuco

Campanha Abril Amarelo do HCP alerta para um tipo de câncer com alta mortalidade entre crianças, adolescentes e idosos

Gostou? Compartilhe com seus amigos.

abrilamarelo.jpg

Apesar da pandemia do Coronavírus (Covid-19), o Hospital de Câncer de Pernambuco (HCP) não poderia deixar de falar sobre um importante tema, o câncer ósseo. Mesmo raro, representando cerca de 2% do total de cânceres diagnosticados, segundo dados do Instituto Nacional de Câncer (INCA), o câncer ósseo possui um alto índice de mortalidade entre crianças, adolescentes e idosos. Criado pelo serviço de ortopedia do HCP, a campanha Abril Amarelo chega ao seu 6° ano com o objetivo de alertar sobre essa perigosa doença. Mais informações podem ser conferidas no site hcp.org.br/abrilamarelo ou pelas redes sociais facebook e intagram @sigahcp.

O câncer ósseo é um tumor maligno formado pela multiplicação desordenada das células que compõem o tecido ósseo e acomete qualquer parte do osso, na maioria dos casos os ossos longos, como braços, coluna, coxa e bacia. “Não existe prevenção para esse tipo de câncer. Porém, o diagnóstico precoce está totalmente relacionado com a cura e menores riscos de amputação”, explica o coordenador científico do serviço de ortopedia do HCP, Marcelo Souza. Para isso, é preciso ficar atento aos sintomas como a dor intensa, com aparecimento maior à noite ou ao se mexer; inchaço nas articulações, com presença de nódulos; ossos que se quebram facilmente, febre, perda de peso sem razão aparente e cansaço. 

Existem alguns tipos de câncer ósseo, definidos de acordo com sua localização. São eles: osteossarcoma, o sarcoma de Ewing e o condrossarcoma - os mais comuns. Os dois primeiros, mais agressivos, são encontrados em crianças e adolescentes, especialmente na área ao redor do joelho. O condrossarcoma, por sua vez, é comum em adultos e costuma atingir a área da bacia. Adultos e idosos, no entanto, são mais acometidos por tumores metastáticos, ou seja, que são oriundos de outros tipos de câncer.

Descobrir precocemente, assim como as condições gerais do paciente também indica o tratamento adequado, podendo ser a cirurgia, radioterapia, quimioterapia ou uma combinação delas.

Sobre o HCP: O Hospital de Câncer de Pernambuco (HCP) é uma instituição privada e sem fins lucrativos, que se dedica ao diagnóstico e tratamento de pacientes oncológicos por meio do Sistema único de Saúde – SUS. Por ser uma instituição filantrópica, o HCP conta com doações contínuas de pessoas físicas e jurídicas para manter a qualidade no atendimento aos pacientes. Esses recursos são utilizados no custeio, na modernização do parque tecnológico e nas instalações físicas do hospital. Além disso, são direcionados para complementar o custo do tratamento dos pacientes.